10. REFERÊNCIAS

AGÊNCIA BRASIL. Pesquisa conclui que policiais no Rio são vítimas de assédio sexual e moral. Disponível em: https://agencia-brasil.jusbrasil.com.br/noticias/100383541/pesquisa-conclui-que-policiais-no-rio-sao-vitimas-de-assedio-sexual-e-moral

ALLEN, D. The reporting and underreporting of rape. Southern Economic Journal, 73, p. 623-641.

BEZERRA, Claudia de Magalhães; MINAYO, Maria Cecília de Souza; CONSTANTINO, Patrícia. Estresse ocupacional em mulheres policiais. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 18, n. 3, p. 657-666, Mar. 2013. Disponível em: <https://www.scielo.br/ pdf/csc/v18n3/11.pdf>. Acesso em: 06/09/2020. <https://doi.org/10.1590/S1413-81232013000300011>.

BIERNACKI, P; WALDORF, D. First Published November 1, 1981. Research Article. Snowball Sampling: Problems and Techniques of Chain Referral Sampling. https://doi.org/10.1177/004912418101000205

BLACKSTONE, A.; UGGEN, C; MCLAUGHLIN, H. Legal consciousness and response to sexual harassment. Law and Society Review, 43, p. 631-668, 2009.

BRASIL. Decreto nº 9.630, de 26 de dezembro de 2018. Institui o Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social e dá outras providências.

BUENO, S. et al. As mulheres nas instituições policiais. FGV. FBSP. 2015. Disponível em <http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/15255>.

CAPPELLE, Mônica Carvalho Alves; MELO, Marlene Catarina de Oliveira Lopes. Mulheres policiais, relações de poder e de gênero na Polícia Militar de Minas Gerais. RAM. Revista de Administração Mackenzie, v. 11, n. 3, p. 71-99, 2010.

COELHO, B. et al. Manual de formação para prevenir e combater o assédio sexual e moral no local de trabalho: trilhos para a tolerância zero. Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE). Lisboa, p. 148. 2016. (978-972-8399-66-5).

DA SILVA FONSECA, Thaisa et al. Assédio Sexual no Trabalho. Cienc. Psicol., Montevideo, v. 12, n. 1, p. 25-34, maio 2018. Disponível em: <http://www.scielo.edu.uy/ pdf/cp/v12n1/1688-4221-cp-12-01-25.pdf>. Acesso em 3 de setembro de 2020. http://dx.doi.org/10.22235/cp.v12i1.1592.

DIAS, Isabel. Violência contra as mulheres no trabalho: O caso do assédio sexual. Sociologia, Problemas e Práticas, Oeiras, n. 57, p. 11-23, maio 2008. Disponível em <http://www.scielo.mec.pt/pdf/spp/n57/n57a02.pdf>. Acesso em 02 set. 2020.

FANTÁSTICO. Pesquisa diz que 40% das policiais já sofreram assédio sexual ou moral. 29/03/2015. Disponível em http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/03/pesquisa-diz-que-40-das-policiais-ja-sofreram-assedio-sexual-ou-moral.html

FITZGERALD, L; SWAN, S; FISCHER, K. Why didn’t she just report him? The psychological and legal implications of women’s responses to sexual harassment. Journal of Social Issues, 51, p. 117-138, 1995

FREITAS, Maria Ester de. Assédio moral e assédio sexual: faces do poder perverso nas organizações. Rev. adm. empres., São Paulo, v. 41, n. 2, p. 8-19, Junho, 2001. Disponível em <https://www.scielo.br/pdf/rae/v41n2/v41n2a02.pdf>. Acesso em 05 de setembro de 2020. https://doi.org/10.1590/S0034-75902001000200002.

MORAES, O. C. R. A violência silenciosa: percepções femininas sobre o assédio na Polícia Militar do Rio de Janeiro. Monografia. Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. 2017.

MUSUMECI, Leonarda; SOARES, Bárbara Musumeci. Polícia e Gênero: participação e perfil das policiais femininas nas PMs brasileiras. Revista Gênero, v. 5, n. 1, 2012.

PEREIRA, Eduardo Godinho. A profissionalização de mulheres e homens na Polícia Militar mineira segundo a perspectiva de gênero. Tese de Doutorado, 257 p. Belo Horizonte/MG, Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 2020.

PEREIRA, Eduardo Godinho; TEIXEIRA, Adla B. M. A profissionalização de mulheres e homens na Polícia Militar mineira segundo a perspectiva de gênero. In: Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades (CONINTER), 2019, Maceió. Anais do VIII CONINTER, 2019. v. VIII.

POLÍCIA MILITAR DE MATO GROSSO. Polícia Militar discute sobre assédio moral e sexual contra a mulher policial. 12 de junho de 2015. Disponível em http://www.pm.mt.gov.br/-/policia-militar-discute-sobre-assedio-moral-e-sexual-contra-a-mulher-policial. Acesso em 05 de setembro de 2020.

RIBEIRO, L. Polícia Militar é lugar de mulher? Revista Estudos Feministas, v. 26, n. 1, 2018.

RIBEIRO, Ludmila. Polícia Militar é lugar de mulher? Rev. Estud. Fem., Florianópolis, v. 26, n. 1, e43413, 2018. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/ref/v26n1/1806-9584-ref-26-01-e43413.pdf>. Acesso em 3 de setembro de 2020. Epub Fev 22, 2018. http://dx.doi.org/10.1590/1806-9584.2018v26n143413.

SAMUELS, H. Sexual harassment in the workplace: a feminist analysis of recent developments in the UK. Women’s Studies International Forum, 26, p. 467-482, 2003.

SANTOS, F. V.; CARMO, E. D. Assédio sexual na Polícia Militar do Pará: Um reflexo negativo das relações de trabalho e gênero. [s.l]: [s.n.] 2017.

SANTOS, J. V. T.; FACHINETTO, R. F.; TEIXEIRA, A. N.; RUDNICKI, D. Configurações e obstáculos: as mulheres na segurança pública. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 6, p. 312-335, 2012.

TORRES, A. et al. Assédio sexual e moral no local de trabalho. Centro Interdisciplinar de Estudos de Gênero, CIEG. Lisboa, p. 36. 2016. (978-972-8399-61-0).

Continue navegando pela Revista Online

Autores da
Pesquisa

Introdução

Considerações sobre a Pesquisa,
Objetivo e Metodologia

Assédio
Sexual

Análise de
Pesquisa

Entrevistas com mulheres que foram assediadas, com profissionais da saúde e com a Secretaria Nacional de Segurança Pública

Considerações
Finais

Propostas.
Campanha Nacional das “10 Medidas contra o Assédio Sexual”

Anteprojeto de Lei de iniciativa popular de Prevenção e Combate ao Assédio Sexual nas Instituições Policiais e Militares

Referências
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share